DSpace Repository

Propagação vegetativa de camu-camu por meio de enxertia intergenérica na família Myrtaceae

Show simple item record

dc.creator Suguino Eduardo
dc.creator Appezzato-da-Glória Beatriz
dc.creator Araújo Paulo Sérgio Rodrigues de
dc.creator Simão Salim
dc.date 2003
dc.date.accessioned 2013-06-01T10:01:18Z
dc.date.available 2013-06-01T10:01:18Z
dc.date.issued 2013-06-01
dc.identifier http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2003001200015
dc.identifier http://www.doaj.org/doaj?func=openurl&genre=article&issn=0100204X&date=2003&volume=38&issue=12&spage=1477
dc.identifier.uri http://koha.mediu.edu.my:8181/jspui/handle/123456789/8025
dc.description O camu-camu [Myrciaria dubia (Humb., Bonpl. & Kunth) McVaugh], da família Myrtaceae, é encontrado em áreas inundáveis da Região Amazônica e utilizado como conservante em antioxidantes por seu alto teor de ácido ascórbico. O objetivo deste trabalho foi avaliar porta-enxertos desta família, adaptados a terra firme, visando à propagação vegetativa de camu-camu. Selecionaram-se duzentas e quarenta mudas de camu-camu, goiabeira (Psidium guajava L.) e pitangueira (Eugenia uniflora L.), que receberam quatro tipos de enxertia, originando doze tratamentos de sessenta plantas, com cinco repetições. Apenas o porta-enxerto de camu-camu se mostrou compatível. A incompatibilidade entre camu-camu e os porta-enxertos de goiabeira e pitangueira foi demonstrada por análises anatômicas.
dc.publisher Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)
dc.source Pesquisa Agropecuária Brasileira
dc.subject Myrciaria dubia
dc.subject porta-enxerto
dc.subject propagação vegetal
dc.subject anatomia vegetal
dc.subject análise vegetal
dc.title Propagação vegetativa de camu-camu por meio de enxertia intergenérica na família Myrtaceae


Files in this item

Files Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account